Total de visualizações de página

terça-feira, 28 de junho de 2011

ÂNIMO

    
Para vencer a inércia, a apatia, o abandono ou o conforto do nada fazer, o melhor é desenvolver sentimentos profundos que nos motivem a viver uma vida digna. Temos que mexer constantemente com o nosso orgulho, com o nosso brilho, com nossa honra, reputação, valentia. Isso é que nos dá grandeza pessoal (Julio Payot).
    Quando a apatia se instala, decorrente de frustrações, de solidão e cansaço, esfumaçando a vontade e a esperança, nos fazendo duvidar de nossa própia capacidade de seguir e buscar alegria,  só o AMOR nos tira desse abandono! E esse amor pode vir de um simples gesto como ser presenteada pelo filho que trás um delicioso café matinal na cama, o sorriso inocente e alvo de um bebê aconchegado nos nossos braços, o calor dos amigos que batem papo junto à nossa lareira, o abraço sincero e largo da mãe presente, o sol que ilumina a tarde fria de inverno. Há muitas formas de AMOR... Ele está ao nosso lado nas pequenas coisas e nos dá ânimo, nos abrem os olhos, os braços, o coração!

segunda-feira, 13 de junho de 2011

No silêncio da noite.....

AMAR

  Amar é ter a lua e o sol no coração
É chorar e sorrir por pouco
Se dar por se dar
E querer por querer
Cada vez mais querer
Querer tudo outra vez
A cada vez
Toda a vez!

quinta-feira, 9 de junho de 2011

"Dia dos Namorados"



Quem diz muito que vai não vai                       
  Assim como não vai, não vem
  Quem de dentro de si não sai
  Vai morrer sem amar ninguém

 Se não tivesse o amor  
Se não tivesse essa dor 
E se não tivesse o sofrer 
E se não tivesse o chorar 
Melhor era tudo se acabar ... 
Eu      amei,     amei  demais  
O que sofri por causa  do amor  niguem sofreu 
Eu  chorei,     perdi   a paz               
Mas o que eu sei é que ninguem nunca teve mais  
Mais do que eu

(Vinícius de Moraes)